CRECI 1621-J

17a Região-RN

Dicas para a compra

Realizar o sonho de comprar o primeiro imóvel pode não ser uma tarefa simples. Antes de fazer as malas e sair para morar sozinho, é imprescindível planejar e organizar cada detalhe. Por ser um bem durável, é preciso estudar, analisar e escolher as melhores opções para você.
No entanto, se você acredita que está pronto para dar esse importante passo, nós preparamos algumas dicas para te ajudar a fazer uma compra tranquila.
1) Faça um planejamento financeiro

Organizar os seus ganhos e gastos em uma planilha, calculando o quanto sobra a cada mês é muito importante para a concretização da casa própria. Dessa forma é mais fácil visualizar o seu orçamento, quanto você gasta mensalmente e o que você pode investir na sua futura propriedade.

 

Outra dica é avaliar a possibilidade de usar a sua poupança ou outras aplicações. Quanto maior o valor da entrada na compra, menores serão as parcelas mensais.

2) Pesquise!

Alguns detalhes muito importantes farão uma grande diferença:

- Credibilidade da Imobiliária: procure uma imobiliária de credibilidade e know-how no mercado, que possa atender desde a busca pelo imóvel ideal para você, até o fechamento da venda, orientando e o acompanhando em cada etapa do processo e inclusive ajudando com a aprovação do financiamento.

- Credibilidade da Construtora: para o caso da escolha de um imóvel na planta, é importante conhecer a credibilidade da construtora para que você tenha a garantia de que irá adquirir um imóvel de qualidade, segurança, bem como a tranquilidade do cumprimento do prazo de entrega.

- Localização: O bairro influencia muito no preço do imóvel, portanto é sempre bom pesquisar o que melhor irá se adequar à sua verba e necessidades.

3) Escolha o imóvel que combina com você

Além de decidir o tamanho do imóvel, tenha as suas necessidades e o que você pode pagar por elas tudo bem definido. Pense também se é melhor comprar um imóvel pronto ou na planta, novo ou usado.

A localização é um fator essencial na hora de escolher a sua nova casa. Avalie, por exemplo, se as ruas são pavimentadas e iluminadas. Todo o entorno também irá contribuir para que você tenha uma vida mais prática e são fundamentais para uma boa qualidade de vida, então, observar a acessibilidade urbana como pontos de ônibus, supermercados, padarias, farmácias, postos de saúde, se é importante para você estar perto do trabalho ou das escolas dos filhos, tudo isso deverá ser levado em consideração.

O tamanho do imóvel e a quantidade de cômodos também é importante na escolha, pois, por ser um bem durável, vale a pena pensar a longo prazo, quanto tempo aquele imóvel irá servir a você e a sua família.

4) Procure a forma de pagamento mais confortável para você

Estude cuidadosamente qual é a forma de pagamento mais confortável para você.

Caso não tenha verba suficiente para compra do imóvel à vista, você pode usar o seu FGTS ou alguma aplicação financeira, como por exemplo uma poupança, como forma de entrada, reduzindo assim as parcelas do seu financiamento.

Além disso, não se esqueça de pesquisar uma instituição financeira de confiança para fazer o financiamento. A taxa de juros geralmente varia pouco de uma para outra.

5) Cuidado com gastos extras

Fique atento, não considere apenas o valor do imóvel na hora da compra. Salvo os imóveis que são postos à venda com a documentação já inclusa no valor, você precisará se programar para arcar com alguns custos além do financimento, que dizem respeito à documentação do imóvel. Os mais comuns são:

- ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis): Essa cobrança é realizada pela prefeitura e o valor pode variar conforme a cidade em que o imóvel está localizado.

- Escritura: É o documento que expressa a vontade do comprador e vendedor de negociarem o imóvel. Para compras à vista, a elaboração da escritura deve ser feita de forma imediata.

- Registro: É o documento que consolida efetivamente a transferência do bem para o novo titular, que então passa a ser o proprietário e responsável.

Vale lembrar que deverão estar na sua planilha de gastos mensais valores como a taxa de condomínio, que costuma ser maior nos bairros mais nobres das grandes cidades, além dos custos ordinários, como contas de luz, água e gás.

6) Quais são os documentos necessários?

Para comprar o seu imóvel com a Aliança Imobiliária, não esqueça de trazer os seguintes documentos originais:

 

- RG ou CNH;

- CPF;

- Certidão de nascimento, casamento ou união estável registrada em cartório;

- 3 (três) últimos contracheques ou comprovantes, conforme o caso;

- Imposto de renda (completo e com recibo);

- Carteira profissional (páginas específicas: foto, qualificação civil e contrato de trabalho) e cartão do PIS;

- Extrato do FGTS atualizado;

- Comprovante de residência com data atual em nome do proponente principal (boleto bancário, telefone, Cosern ou cartão de crédito do mês atual).

ANUNCIE AGORA

Quer vender ou alugar?

Insira o selo de qualidade Aliança Imobiliária em seu imóvel e aumente as possibilidades de alavancar um excelente negócio

Fale Conosco

Av. Amintas Barros, 3054, Lagoa Nova, Natal/RN

(84) 3234-3333

(84) 99127-0004

Simule seu financiamento

© Aliança Imobiliária. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por
Preencha para falar no Whatsapp